A Nossa Filosofia

Cozinhamos refeições Macrobióticas para o teu dia-a-dia.

Macrobióticas? Que palavrão! O que é isso? (é algo muito bom!) Mas vamos por partes: 

 

  

Somos um casal, ela licenciada em comunicação aplicada ao marketing, publicidade e relações públicas e formada em gastronomia macrobiótica pelo Instituto Macrobiótico de Portugal e ele licenciado em gestão hoteleira, tendo viajado e vivido em paises como Austrália e Espanha, sempre trabalhando na área da gastronomia e hotelaria. Este foi o nosso ponto de partida, tendo sido importante esta bagagem que adquirimos para podermos chegar até aqui, e na verdade a Macrobiótica foi uma luz nas nossas vidas pois ensinou-nos como nos devemos alimentar corretamente e ensinou-nos, também, a ser melhores seres humanos, filtrando a bagagem que traziamos de trás e seguindo no caminho da evolução contínua.

Este projeto surgiu, portanto, do nosso estilo de vida Macrobiótico e da nossa paixão e entrega pela cozinha. Estes dois ingredientes juntos fizeram-nos querer partilhar a nossa experiência com vocês e mostrar-vos como é simples ter uma alimentação consciente e nutricionalmente equilibrada. Queremos, por isso, proporcionar-vos uma alimentação saudável, 100% nutritiva, flexível, sem extremismos, apenas com alimentos naturais e sem produtos animais, de acordo com a condição profissional, pessoal, fisica e de Saúde. Cozinhamos com produtos de origem vegetal, numa base de cereais integrais, vegetais e leguminosas, dando primazia ao que a terra nos dá, de acordo com os seus ciclos.

A origem da palavra é grega, "macro" - grande e "bio" - vida, então Macrobiótica significa "grande vida". Mas será que significa apenas "grande vida"? A culinária macrobiótica é baseada em padrões alimentares tradicionais, dando primazia aos alimentos naturais, com o mínimo de processamento. A selecção dos alimentos tem em conta o ambiente, estações, o clima e as necessidades pessoais. Como alimentos principais encontram-se os cereais integrais, os vegetais e as leguminosas, tal como dissemos. Através de diferentes formas de cozinhar os alimentos, podemos mudar a sua qualidade energética e contribuir para a saúde e bem-estar de cada um.  

No entanto, e parafraseando Francisco Varatojo numa das suas obras, "A macrobiótica, contrariamente ao que muitas pessoas pensam, não é exclusivamente uma dieta ou um regime alimentar, mas sim um estilo de vida que tem como objetivo último ajudar-nos a desenvolver o nosso potencial humano, ao seguirmos as leis da natureza de um ponto de vista biológico, através da alimentação, ecológica, fazendo escolhas diárias que contribuem para uma melhor qualidade de vida ambiental, social e espiritual, tratando os outros com amor e compaixão e assumindo a nossa responsabilidade como um pequeno elo numa vasta cadeia de seres e fenómenos."

Dito isto, há muito ainda por explicar e este espaço fica curto para te podermos informar de tantos outros temas sobre a macrobiótica. Contudo, é importante perceber porque utilizamos, por exemplo, produtos de origem vegetal diariamente e produtos de origem animal apenas de forma opcional, de transição ou de condição, porque usamos cereais integrais e não cereais refinados, açucares naturais em vez de açucares artificiais, porque se devem cozinhar vegetais de varias maneiras, qual a função dos pickles, entre outras coisas. E por isso, se quiseres saber mais e obter mais informações não hesites em contactar-nos, com a certeza porém, que te responderemos o mais rápido possivel.

Ficas-te Curioso(a)? Prova as nossas Marmitas e verás! :)

Não percas mais tempo...